quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Saiba como usar a cadeirinha no carro

O uso da cadeirinha no carro para transportar crianças de até 7 anos e meio é obrigatório no Brasil. Os dados sobre acidentes envolvendo crianças antes da lei, que entrou em vigor no início de 2010, são alarmantes. De acordo com as estatísticas, o uso correto das cadeirinhas podem reduzir em até 71% o risco de lesões em acidentes de automóvel.
Existe no mercado vários modelos que variam de conforme a idade, a altura e o peso da criança. Para saber o tipo certo de cadeirinha para seu filho ou filha, em termos de segurança, o que mais interessa é o peso e a altura da criança.

Quais as regras para usar a cadeirinha do carro?

Para facilitar, a lei brasileira especifica uma idade para cada tipo de cadeirinha:
Imagem retirada do Google

Até 1 ano de idade e 9 kg - no bebê conforto, em posição contrária ao deslocamento do veículo (geralmente esta cadeira sustenta bebês de até 9 kg, alguns modelos até 13 kg).

Entre 1 e 4 anos, com peso entre 9 e 18 kg - cadeirinhas reversíveis ou auto, viradas para a frente do veículo.

Dos 4 aos 7 anos e meio, com peso entre 18 até 36 kg - devem usar o assento de elevação ou "booster" que posicionem corretamente o cinto de segurança. Essas cadeirinhas podem ter ou não encosto. O ideal é que a criança use esse equipamento até atingir 1,45m de altura (mesmo que já tenha atingido a idade máxima), independente do peso.

Dos 7 anos e meio aos 10 anos (com 1,45 de altura, no mínimo), as crianças devem sempre ser transportadas no banco traseiro e usar o cinto de segurança.

Para maior segurança,  o que vale mesmo é a altura e o peso da criança de acordo com o que cada fabricante especifica no manual de uso. Então siga as seguintes regras:
  • Quanto mais tempo a criança demorar para "avançar" de equipamento, melhor.
  • Guarde o manual da cadeirinha com cuidado ou anote o peso e a altura máximas que ele permite. E a cada troca de equipamento consulte o manual.
  •  
Que outros cuidados devemos ter?

Não basta só ter a cadeirinha, é preciso usá-la corretamente. A cadeirinha deve ser um procedimento automático, como o cinto de segurança é para os adultos. Acostume seu filho com ela, desde sempre, no banco de trás, evitando assim qualquer tipo de estranhamento. 
Tenha muita atenção na instalação do equipamento. A cadeira deve ficar justa ao banco e ao cinto, pois quanto mais "folga" tiver, maior será os riscos de lesões, em casos de acidentes.
Verifique sempre se a criança foi colocada corretamente, se o cinto está no lugar certo. Verifique também o manual do equipamento, suas instruções e especificações sobre o limite de idade e peso.
Em caso de acidente, é recomendado que a cadeirinha seja trocada, pois o impacto da batida pode danificar o equipamento, tornando-o menos eficiente.
Segundo o Inmetro, não é aconselhado adquirir uma cadeira ou bebê conforto usado, por se tratar de um dispositivo de segurança.


 Por
Tatiane Gallas a



Gostou do post? Compartilhe!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Compartilhe, comente!