terça-feira, 27 de outubro de 2015

Sobre o assédio infantil e a discussão envolvendo a menina do Masterchef Junior

Olá!
Hoje é terça-feira, dia de Masterchef Júnior. Eu já assisto o programa desde a primeira temporada, e estou adorando ver as crianças cozinhando. Fico admirada com tanta disposição, conhecimento e habilidades. É lindo ver os olhinhos delas brilhando ao explicarem suas receitas e montarem seus pratos. É notório também ver o cuidado dos jurados ao avaliarem os pratos dos pequenos e a preocupação em incentivar a continuidade de um sonho.

Mas não foram só as habilidades culinárias mirins que chamaram a atenção no programa. Estava vasculhando a internet essa semana quando  me deparei com uma notícia triste e repugnante. Há pessoas que ao assistirem o programa não viram nada disso, ou não quiseram ver porque estavam atentas à beleza de umas das meninas que participam do mesmo. Mas não atentaram para sua sua beleza infantil, foram muito além da admiração. Uma participante de 12 anos foi alvo de comentários pedófilos no twitter. Gente, uma menina de doze anos, com corpo e cabeça de menina, sendo alvo de assédio sexual. Vi alguns posts de pessoas nojentas, que sinceramente, não devem ter mais o que fazer para ficar espalhando esses comentários maldosos na web. Um horror!

Fico imaginando a cabeça dessa menina e da família dela após a estréia do programa. Os pais, numa entrevista à revista Crescer, dizem estar monitorando as redes sociais da filha, para que ela possa ter uma experiência saudável e divertida. Ainda afirmaram que a menina sabe do teor dos comentários, mas não foi exposta ao conteúdo, sendo preservada da violência.

Estou torcendo para que o programa não perca sua essência, mas precisamos falar sobre isso. Pedofilia é crime! Precisa ser denunciado. Precisamos falar com nossos filhos sobre isso, informá-los do que as pessoas não podem fazer, conversar com eles, orientá-los a falar, a pedir ajuda. Infelizmente, existe pessoas muito cruéis andando por aí, e nossos filhos e filhas precisam saber disso. 

Se você ainda não sabe como iniciar o assunto, compartilho dois vídeos bem interessantes de uma campanha do Grupo Marista: Defenda-se! Campanha de enfrentamento sexual cometida contra crianças. São nove pequenos vídeos informativos, com linguagem clara e direcionado às crianças. 







Fonte da entrevista com os pais da participante: Revista Crescer
Fonte vídeos: Youtube

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Compartilhe, comente!