sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Os 5 "vilões" que devem ser evitados na lancheira escolar

Já comentei com vocês sobre o Pão Amigo, o pãozinho de leite macio com cálcio que além de muito gostoso é
um alimento solidário, pois tem parte das vendas revertidas para a AACD. Nessa volta às aulas, o Pão Amigo é
uma ótima opção de lanche para as crianças e dá para fazer muitas combinações gostosas com ele.
Nós experimentamos e aprovamos!

 salgados.jpg

Recebi essas dicas da Emulzint e resolvi compartilhar com vocês. Evitar alimentos "vazios" e desprovidos de 
nutrientes sempre é a melhor opção. 

Escolher alimentos nutritivos costuma ser o objetivo da maior parte das mães, pais e responsáveis ao preparar a
lancheira para os filhos levarem à escola. Afinal, é preciso incentivar a garotada a se alimentar bem e de forma 
balanceada. Além disso, as crianças gastam bastante energia na escola, por isso é fundamental que a alimentação
na hora do intervalo seja adequada – nutritiva, energética e saborosa. 
“É importante que as crianças se alimentem bem entre as refeições, caso contrário podem apresentar fraqueza ou
cansaço. Recomenda-se incluir nos lanches todos os grupos alimentares e evitar alimentos ricos em gordura
trans ou com baixo valor nutricional”, explica a nutricionista Melina Aniquini.

“O Pão Amigo é uma boa opção por ser um pãozinho de leite leve e macio, fonte de cálcio, mineral essencial
à formação dos ossos e dentes na infância. Ele também tem baixo teor de gorduras totais e é zero gorduras 
trans. É interessante montar lanchinhos com ingredientes saudáveis, como o peito de peru, a ricota e o frango
desfiado, que podem ser acompanhados de alface, rúcula, tomate, cenoura, entre outros vegetais. 
O lanche também deve ser acompanhado de uma fruta fresca e higienizada”, acrescenta a especialista. 

Confira os 5 “vilões” que você deve evitar na lancheira dos seus filhos:

Salgados fritos – Esse tipo de alimento não é recomendado para a lancheira, pois além de ter alto teor calórico
e gorduroso, deteriora-se facilmente. Ou seja, seu filho ingerirá uma grande quantidade de gordura, sem 
quantidade significativa de nutrientes e vitaminas, e como é um alimento que será consumido dali a algumas
horas, há risco de não estar em condições adequadas de conservação e palatabilidade quando seu filho for comê-lo.
Evite!

Sucos de caixinha – Ao contrário do que alguns mães e pais acreditam, os sucos de caixinha não são uma
escolha saudável, pois geralmente contêm grande quantidade de conservantes e açúcar. Em média, cada 200 ml 
de suco artificial equivale a 2 colheres cheias de açúcar! Por isso, o melhor é optar pelos sucos naturais, como os
de laranja ou limão.


Lanches com embutidos – Também devem ser evitados sanduíches com recheios como salsicha, salame e 

presunto nos lanches da escola, por conterem alto teor de gordura e sódio. O ideal é optar por ingredientes menos
gordurosos e com menor valor calórico, como peito de peru, omelete e queijo branco. Você pode rechear o Pão 
Amigo com esses ingredientes, além de folhas como alface, rúcula ou agrião.


Salgadinhos de saquinho – São produtos geralmente ricos em gorduras saturadas, sódio, açúcar, corantes e

conservantes químicos, e pobres em vitaminas e minerais, com nenhum valor nutritivo e muitas calorias “vazias”.
Além disso, podem causar problemas de saúde no futuro, como obesidade, colesterol alto, hipertensão. Você não
vai querer incluir esse “vilão” na lancheira do seu filho, certo?
Bolinhos doces industrializados com recheios artificiais - Também devem ficar de fora da lancheira, pois 
contêm alto índice de gorduras e ingredientes artificiais. Ou seja, são pouco saudáveis e nada nutritivos. Além 
disso, comer doce na hora do recreio geralmente não mata tanto a fome como ingerir um alimento salgado. Por
isso, não há vantagem alguma de inclui-los nos lanchinhos.



Sobre a Emulzint– Fundada no Brasil em 1977, a Emulzint pertence ao grupo holandês Zeelandia International

Holding B.V., que está presente em mais de 60 países. Conhecida no mercado pela inovação, postura ética e ações
com foco no cliente, possui mais de 100 produtos nas linhas de Panificação, Confeitaria e Indústria. Sua missão é 
oferecer soluções em produtos e serviços ao mercado com qualidade, de forma inovadora e buscando a excelência.
Com sede em Jundiaí (SP), um dos maiores centros industriais do país, o parque industrial da empresa tem 
20 mil m² e abriga as áreas de produção, administração, suporte ao cliente, marketing e vendas. A empresa
mantém distribuição para todo o território nacional.

Bju

Tatiane Gallas

24 comentários:

  1. Excelente!!! Sempre o mais saudável possível! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post ... As vezes pensamos que as coisas são inofensivas por serem feitas voltado para elas né, mais é só parar pra olhar o rótulo que vemos que não ... Aqui tbm recebemos o pão amigo e foi super aprovado

    Beijos Mi Gobbato - Espaço das Mamães

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post ... As vezes pensamos que as coisas são inofensivas por serem feitas voltado para elas né, mais é só parar pra olhar o rótulo que vemos que não ... Aqui tbm recebemos o pão amigo e foi super aprovado

    Beijos Mi Gobbato - Espaço das Mamães

    ResponderExcluir
  4. Concordo com você! Natural sempre melhor. Porém, aprendi uma dica que tem me ajudado ao escolher produtos industrializados: olhar o rótulo! Os primeiros ingredientes estaram sempre em maior quantidade. Às vezes, opto por um suco integral.

    ResponderExcluir
  5. Concordo super. Temos a obrigação de atentar o que nossos filhos comem, adorei as dicas!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Tati,

    Temos nos atentar sempre ma alimentação dos nossos filhos, eu leio sempre o rótulo dos produtos para ver o que o Gabriel vai ingerir. Senão for eu nem inluo ma alimentação dele.

    Bjs

    Mari
    vamosmamaes.blogspot. com.br

    ResponderExcluir
  7. Excelente, Tati! Esse ano a escolinha do Pedro da toda a alimentação para as crianças e não preciso me preocupar, mas me pego pensando nessas coisas qd saímos da rotina. ótimas dicas! <3

    Laís Sass
    mamaeantenada.com.br

    ResponderExcluir
  8. Ótimas dicas! Não é fácilpra mim o suco, pois minha filha passa o dia na escola e até a hora de tomar o suco natural já não está bom. Mas tenho procurado olhar o rótulo e optar pelos mais naturais possíveis. Bj

    ResponderExcluir
  9. Excelente post!!! Tem mamães que ainda não sabem que essas comidas fazem mal e que existem alternativas práticas e mais saudáveis! !! Adorei!

    ResponderExcluir
  10. Amei a dica, ainda bem que na escola do Pedro Augusto tem lanche comunitário..

    ResponderExcluir
  11. Por aqui sempre elimino esses alimentos... para não criar a rotina e querer sempre comer... opto por alimentos mais saudáveis e que são tão bons quanto esses!!! Beijos

    ResponderExcluir
  12. Eu evito e sempre olho os rótulos, na escolinha da Mari eles oferecem o lanchinho super natural e deixam o cardápio mensal a nossa disposição isso é ótimo! Em casa evito indústrializado, mas qdo eu saio sempre levo um suco, procurando sempre o naus natural.

    ResponderExcluir
  13. Na escola do Luan não permitem levar lancheira, mas a alimentação é o mais saudável possível!

    ResponderExcluir
  14. Na escola do Luan não permitem levar lancheira, mas a alimentação é o mais saudável possível!

    ResponderExcluir
  15. Muito bacana o post. Na escolinha do Caio todos esses itens são proibidos. Na lancheira, somente alimentos saudáveis. Acho super certo o posicionamento da escola.

    ResponderExcluir
  16. Por falta de opção, mandava suco de caixinha. Mas vou começar mandar natural. Obrigada pelas dicas!

    ResponderExcluir
  17. Ótimas dicas ;) parabéns pelo ótimo post ;)

    ResponderExcluir
  18. Eu sou a louca da alimentação, em relação a Heitor. Tenho uma alimentação meio pessima e estou procurando melhor a cada a dia, principalmente pra dar exemplo a Heitor.

    ResponderExcluir
  19. Adorei as dicas...sempre bom evitar as famosas porcarias.

    ResponderExcluir
  20. Adorei as dicas...sempre bom evitar as famosas porcarias.

    ResponderExcluir
  21. Nossa Tati acho que quando Gabriel for para escola eu vou chorar que só e ele não.
    Adorei as dicas Tati.
    Mari
    vamosmamaes.blogspot. com.br




    ResponderExcluir

Gostou? Compartilhe, comente!