quinta-feira, 24 de março de 2016

Purple Day Brasil - 26 de março Dia Mundial de Conscientização da Epilepsia

Oi gente!

Vocês já ouviram falar do Purple Day?

O Purple Day (Dia Roxo) foi criado com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a epilepsia e diminuir o preconceito e estigma existente na sociedade.  É um esforço internacional dedicado a mobilização e mudança dessa realidade. 


 A epilepsia é caracterizada por descargas elétricas anormais e excessivas no cérebro que provocam movimentos involuntários, as chamadas convulsões. A Organização Mundial de Saúde (OMS) colocou a doença como prioridade  em sua agenda de 2015 e estima que existam 50 milhões de epiléticos no mundo, atingindo de 1 a 2% de toda a população. No Brasil são cerca de 4 milhões de pessoas, surgindo em maior frequência nas crianças e idosos.

O tempo de duração e a intensidade de cada crise podem levar a novas lesões cerebrais e comprometer ainda mais a condição do paciente. Apesar de difícil diagnóstico, suas causas podem estar relacionadas à carga genética, lesões no cérebro decorrentes de traumas, infecções, abuso de bebida alcoólica ou drogas e problemas intrauterinos ou ocorridos durante o parto.

A imagem associada a crises epilépticas prejudica o conhecimento geral da doença, que em 70% dos casos podem ser controladas por medicamentos e tratamentos, o que proporciona uma vida normal ao paciente.

Trabalhar para reverter esta estatística e levar informações para todos é o grande objetivo do Purple Day. A epilepsia pode acometer qualquer pessoa e a qualquer momento, basta ter um cérebro. É preciso mostrar ao mundo que os pacientes com epilepsia podem sim ter uma vida normal e fazer as mesmas coisas que outras pessoas fora desta condição.

E como podemos ajudar?

Fácil, para apoiar a campanha é só se vestir de roxopostar uma foto nas suas redes sociais no dia 26 de março (ou próximo) utilizando as hashtags: #purpleday, #eufalodeepilepsiasempreconceito, #vivacomepilepsia #epilepsia.


Informar é uma necessidade! É importante falar de epilepsia sem preconceito!

#purpleday Eu apoio e vocês?



Purple Day
O Purple Day foi criado em 2008 por Cassidy Megan, uma criança na época com nove anos de Nova Escócia, no Canadá, com a ajuda da Associação de Epilepsia da Nova Escócia (EANS), atualmente sendo representado mundialmente pela Fundação Anita Kaufmann.

No Brasil, o Purple Day está mais ativo desde 2011 e hoje já se transformou em um dos maiores trabalhos realizados em todo o mundo, atingindo todas as regiões do país e sendo representado em dezenas de cidades.

Saiba mais em:


16 comentários:

  1. Bom saber, é uma data nova para mim!

    Bjus!!!


    Jaqueline Medeiros

    ResponderExcluir
  2. Ha 2 anos atras Joao foi diagnosticado (erroneamente) com epilepsia. Tomou anticonvulsivos por 18 meses. Senti na pele a falta de informaçao e preconceito das pessoas... Muito triste...

    Deia Tomaz - Lancheira do Joao

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia essa data e sempre bom saber! bjs

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia essa data. Realmente é preciso informar e conscientizar!! Gratidão!

    ResponderExcluir
  5. Super apoio. Não sabia desse dia. Meu irmão tem epilepsia desde os 8 anos de idade. Se trata, toma muitos remédios. Mas tem uma vida normal. Agora mesmo viajou para NY sozinho para correr a meia maratona. Uma
    Vitória amais para ele. Beijos Tati!!!!
    Fanny

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia o dia... é uma causa nobre... Precisamos de conscientização e conhecimento. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  7. Acho incrível ter datas significativas para alertar à todos sobre os assuntos específicos.. Esta eu não conhecia! E gostei do texto!

    ResponderExcluir
  8. Acho super válido esse tipo de campanha de conscientização.
    bj,
    Alê

    ResponderExcluir
  9. Não sabia! Mas adorei ficar sabendo! Parabéns pela iniciativa na postagem! Adorei!

    ResponderExcluir
  10. Muito bom saber! Vai entrar no nosso calendário
    Blog maternidade sem frescura

    ResponderExcluir
  11. parabéns pelo post, Tati! muito informativo e utilidade pública para acabar com preconceito! Mais uma data para eu anotar na minha agenda! :) Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Nao conhecia a data! Acho bem importante essas datas até pra concientizar pessoas que não vivem a situação.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  13. Eu mega apoio! Um dia importantíssimo no combate ao preconceito! Epilepsia é uma doença comum apesar de muitos acharem rara. Bj

    ResponderExcluir
  14. Eu apoio também meu tio tem epilepsia, mas vive uma vida normal.
    Bjs
    Tati
    Vamosmamaes.blogspot. com.br

    ResponderExcluir

Gostou? Compartilhe, comente!