terça-feira, 31 de maio de 2016

Hoje tem festa! Os Vingadores!

Se tem algo que gosto de fazer é preparar a festinha de aniversário dos filhos. Adoro!
Faço tudo com amor, com cuidado e prazer. Pesquiso, converso com eles, ouço o que eles pensam e juntos definimos o tema (vale mais a decisão deles do que a minha claro, rs).

Há anos tenho optado por fazer festinhas em casa mesmo, produzindo a decoração, os detalhes que adoro e que fazem toda a diferença em qualquer festa que seja. Prefiro as festas mais clean, sem grandes ornamentações, daquelas que a gente vai preparando em casa e curtindo junto com os filhos cada etapa elaborada.

Assim foi nossa festinha. E pensando nas leitoras que também gostam de decorar, trouxe algumas ideias e detalhes da decoração que fiz para as cria, com o tema Vingadores que eles adoram! Agora é só vocês escolherem as que mais gostarem e adaptarem ao seu gosto. 

As cores predominantes da decoração foram o azul, o amarelo, o vermelho e o verde. Como fiz a festa no espaço da churrasqueira do prédio onde moramos, não havia uma mesa adequada para a decoração principal, então improvisei com uma toalha e uma sobre toalha nas cores da festa. Mas se você tiver uma mesa bonita, de madeira, faz toda a diferença e não precisa colocar toalha. Na mesa, coloquei os bonecos dos Vingadores que eu mesma fiz (e você pode conferir aqui), caixas decoradas como prédios usadas como suporte para os docinhos, "bombas" de chocolate, algumas lembrancinhas personalizadas e, é claro, o bolo. Para compor o "fundo" coloquei quadrinhos dos super heróis que serão aproveitados na decoração do quarto do Davi, assim como os bonecos da mesa.

Foto: Arquivo Pessoal

A seguir os detalhes da festinha. Espero que gostem!

Pequenas dinamites feitas com chocolate (batom):


Um tonel de tinta pintado de preto fosco. Nas festas de super heróis, fica muito legal, bonito e divertido abusar dessas plaquinhas que imitam os quadrinhos de gibis. Sobre a lata, um dos super heróis preferidos do Davi, o Incrível Hulk segurando uma pequena bandeja com balinhas.


À frente da mensa, coloquei esses caixotes com alguns dos Vingadores e pequenas lembrancinhas personalizadas.


Suco Power do Hulk! Ao lado os canudinhos decorados com tags dos Vingadores. As crianças amaram!


Caixas decoradas para doces e tags.



 O bolo e a torta decorados. Adoro essas bandeirinhas, elas dão um charme todo especial ao bolo. Aqui usei pequenos bonequinhos dos Vingadores para enfeitar. E ficou lindo!

                                  


E a hora dos parabéns dos filhotes!


     


  
A ideia era economizar e aproveitar a decoração depois da festa! E deu super certo, já que usei muitos dos brinquedos deles. Também vale a criatividade inventando brincadeiras e atividades durante a festinha. No prédio temos poucos brinquedos para as crianças, então deixei uma mesa com folhas e giz de cera para elas desenharem e desenhos do tema da festa para colorirem. Além dos bonecos que andaram "passeando" nas mãos dos pequenos durante a festa, rs. Gente, eles fizeram sucesso!


Se você também curte fazer as festinhas dos seus filhos comente, compartilhe, pergunte, mande fotos para nosso e-mail. Sua festinha pode aparecer aqui no blog! Vou adorar!

Beijo,

Tati







quarta-feira, 25 de maio de 2016

Saberes sobre o Bem Estar Infantil

Dia 14 de maio tive a oportunidade de participar, a convite da Karla Cerávolo (responsável pelo Projeto De Umbiguinho a Umbigão) da I Conferência Internacional sobre o Bem Estar Infantil, a CISBEI, em Goiânia. Foi um dia muito produtivo, onde pude conferir palestras super interessantes sobre o bem estar infantil e o papel da família no desenvolvimento das crianças.

A primeira palestra "O benefício da rotina e dos bons hábitos na educação infantil para a construção de adultos globais e de alta performance" foi com a escritora norte-americana Melinda Blau.

Melinda afirma que as mães e os pais devam garantir que seus filhos não se tornem os "reizinhos da casa", mas que façam parte da família. Devemos encontrar o meio termo, focando na família como um todo e observando sempre, o que Melinda chamou de REAL (Responsabilidade, Empatia, Autenticidade e Liderança com Amor). Ela aponta que "as crianças são mais preparadas quando vem de família forte" e que as suas necessidades devem ser atendidas não como o centro, e sim como partes produtivas.

Durante a palestra, Melinda questiona "vocês estão dispostas à abrir mão do controle?". Confesso que essa pergunta me fez refletir um pouco. Estamos, como mães e "donas do lar" condicionadas a determinar as tarefas em casa e fazer a grande maioria delas. É preciso deixar de lado esse controle e pedir ajuda para os filhos.
 Mas como fazer isso? A escritora fala da importância das crianças terem responsabilidades para se sentirem importantes, porém aponta que essas responsabilidades não devem vir como regras, imposição. A família toda deve ser parceira da gestão da casa como uma cooperativa. Dessa forma, a responsabilidade é de todos, a mãe não determina as tarefas, mas gerencia, questiona, cria situações com os filhos. 
Outro ponto forte da fala da escritora foi quando ela afirmou que precisamos deixar nossos filhos nos ajudar e sair do caminho (Let them! ou Deixe eles!). As mães devem aprender a deixar seus filhos agirem por si, experimentar e cometer erros! Devem pedir ajuda aos filhos, eles são capazes de fazer. Se pedir, por exemplo para que arrume o quarto, deixe-o organizar do jeito dele!



A segunda palestra foi com o  Doutor em Linguística pela UNICAMP Marcello Marcelino que abordou o tema "A inserção do bilinguismo na infância". Ele basicamente apontou as diferenças entre a educação numa escola bilíngue desde a infância e o aprendizado de uma segunda língua posteriormente, em escolas de idiomas. Acrescentou que quanto mais cedo uma segunda língua for inserida, mais facilidade a criança terá em aprender, porém lembra que cada criança tem seu momento, seu aprendizado ´particular, de forma que algumas conseguem mesclar o aprendizado de duas línguas, outras separam uma da outra.



Na parte da tarde, a pediatra e consultora do Programa Bem-Estar da TV Globo, Dra. Ana Escobar , abordou o tema "Excesso de ansiedade e a busca de felicidade no século XXI". Ela inicia sua fala apontando as mudanças que ocorreram no mundo nos últimos 100 anos, causando outras várias mudanças nas nossas vidas, no nosso comportamento, na nossa saúde. No século XX,  os laços humanos aconteciam de forma presencial, as pessoas tinham mais contato, conversavam pessoalmente. Já no século XXI, os laços humanos são direcionados nas redes sociais através do conectar e desconectar e a sociedade é voltada para o consumo, o que pode gerar muito mais ansiedade e solidão nas pessoas. Dra. Ana coloca que a ansiedade e a decepção permeiam muito o comportamento humano e que o estilo de vida de uma pessoa define se ela tem saúde. Ela aponta que a saúde também é decorrente da educação do meio ambiente, afirmando a importância do cuidado desde sempre. Muito bom ouvir a Dra. Ana, que com sua simplicidade e forma direta atinge a todos. Eu sou uma pessoa bem ansiosa e preciso mesmo aprender a lidar melhor com esse sentimento para ter uma melhor qualidade de vida.


A última palestra, mas não menos importante, foi da escritora, publicitária e blogueira Cris Guerra. Confesso que essa era a palestra que eu estava mais ansiosa para assistir, por toda a história vivida pela Cris. O tema abordado por Cris Guerra foi "O tempo passou! Fazendo algo por você hoje, e impactando no amanhã dos filhos". Ela começou falando de sua história pessoal, de sua família, da perda do pai e da mãe, dos seus relacionamentos, de dois abortos que sofreu, da sua gravidez e de que como enfrentou dois momentos intensos vividos praticamente juntos: a tristeza da perda do marido e a alegria da chegada de seu filho Francisco.
É emocionante ouvir a Cris Guerra falar e a forma e o bom-humor como ela conduz toda a sua trajetória. Chorei, ri e me emocionei com ela! 
Além de sua história, preciso comentar de dois momentos dessa palestra. Cris afirma que às vezes sente culpa também, a tal da culpa que toda mãe tem, mas que não dá espaço para ela ficar na sua vida porque sabe que tudo o que faz é para o melhor de seu filho. Ela brinca que a culpa vem e vai embora, pois não tem espaço para ela na sua casa, e que viemos ao mundo para aprender a imperfeição.

Para encerrar, a escritora lista as 10 coisas que aprendeu com a maternidade:
1. Não vem com manual;
2. É uma aventura sem volta;
3. Comparou, chorou;
4. Mães precisam de ajuda;
5. Mães são empreendedoras por natureza;
6. Ter filho rejuvenesce;
7. Ser mãe não é a minha única forma de realização;
8. O que faz um filho feliz é (entre outras coisas) ser uma mãe feliz;
9. É saber dizer não, principalmente para as expectativas dos outros;
10. Nada como um filho para nos apresentar potenciais que nem imaginávamos ter.

Super verdadeiro, concordam?


Ah, claro que eu não ia perder a oportunidade de conhecer mais de pertinho essas duas mulheres que admiro.

Adorei participar dessa dia lindo e poder aprender um pouco mais, refletir sobre a maternidade e conhecer pessoas novas. 

Beijo,

Tati




segunda-feira, 23 de maio de 2016

A primeira fralda social do Brasil

Oi gente!

Ideias boas precisam ser compartilhadas, concordam? 
Eis aqui uma dessas ideias que podem fazer a diferença na vida de muitas crianças.

Vocês conhecem a "Fralda Social"? 


A Fralda Social é um produto inovador, idealizado pela Creche Cantinho Vó Georgina, em Porto Alegre (RS) e consiste na fabricação e venda de fraldas descartáveis. Ao comprar as fraldas você ajuda financeiramente a creche idealizadora e ainda escolhe outra creche para fazer a sua doação.

Entenda com funciona:

Dependentes da doação de alimentos, roupas, material escolar e de higiene (inclusive fraldas!), as filhas da vó Georgina, junto com um grupo de apoiadores, resolveram fazer o que sua mãe (vó) sempre as ensinou: trabalhar para merecer.

Quem conhece e convive com a vó Georgina, 68 anos, sabe que cada papo com ela é uma aula de vida. Dos valores mais essenciais a um ser humano, como atenção, respeito e liberdade, até questões sociais mais latentes como autoestima, honestidade e tolerância, ela certamente é uma pessoa diferenciada. E compartilha suas vivências com cerca de 150 crianças em situação de vulnerabilidade social dentro da vila Jardim Marabá, zona sul da capital gaúcha. “Eu sei que, aqui, não vamos formar assaltantes”, diz a vó. 
Acontece que os pais e as mães dessas crianças não têm condições de cuidá-las, muito menos de pagar por quem faz isso por elas. É por isso que, numa iniciativa conjunta com pessoas e empresas apoiadoras, o Cantinho Vó Georgina instalou, em local próximo à creche, uma confecção de fraldas descartáveis. Mais que isso, lançou um website www.fraldasocial.com.br, onde qualquer pessoa pode escolher o número de fraldas a encomendar de sua produção, e ao mesmo tempo, encaminha-las em forma de doação para outras creches da cidade.



“É um produto social nas duas pontas: de um lado, o trabalho da confecção irá sustentar o Cantinho Vó Georgina. Por outro, você estará doando fraldas descartáveis para outras iniciativas cujo recurso é geralmente raro em doações, caro para os pais, e demandado diariamente pelas crianças, com uso constante e ininterrupto”, pondera Rodrigo Vicêncio, diretor da Ponto Marketing Social, empresa idealizadora do projeto.

O sócio dele, Claudio Oliveira, vai mais longe: “a ideia partiu delas, pois só assim o projeto se tornaria uma verdade, para a sociedade e a própria comunidade. Nosso trabalho foi pensar numa estratégia criativa que pudesse potencializar sua vocação social e torna-la sustentável. Esperamos que assim seja”.
Segundo os idealizadores, a ideia é expandir o projeto para outras cidades do país, reproduzindo o modelo de empreendimento social sustentável, onde cada comunidade possa ser uma produtora de fraldas e distribui-las a nível local ou regional.



Os resultados podem ser acompanhados na fanpage da Fralda Social no facebook.

Muito bacana essa ideia, não acham? 

Beijo,

Tati



quarta-feira, 18 de maio de 2016

Papai Darth Vader e o outro lado da força

Olá!

Já não é mais novidade os livros infantis do sucesso Stars Wars, de Jeffrey Brown, que relata uma paternidade possível de Darth Vader. Mesmo assim resolvi falar um pouquinho dele aqui no blog.

Quem é fã dessa série de filmes de sucesso, com certeza irá adorar os livros do quadrinista Jeffrey Brown. O autor mostra ironicamente um dos maiores vilões do cinema Darth Vader, em situações amorosas com os filhos Luke e Léia. Darth Vader e filho e A princesinha de Darth Vader mostram situações cotidianas como a saga de colocar um filho para dormir na hora certa, a preocupação com a segurança deles, a ajuda na tarefa de casa e até a escuta de um desabafo adolescente.

Capas dos livros (Fonte: Imagem/Google)


Eu que já gosto dos filmes, adorei os livros!
Recentemente assistimos todos os filmes Stars Wars aqui em casa junto com as crianças. Manu adorou, já Davi ficou mais ligado nas cenas de ação. Confesso que quando criança não me chamava a atenção e eu não conseguia assistir até o final. Hoje acho muito legal mostrar aos meus filhos filmes e discos que fizeram tanto sucesso no passado. É incrível ver o interesse deles em coisas que representaram algo para nós quando  crianças.

E aproveitando esse momento que Stars Wars ressurgiu nos cinemas, separei algumas imagens divertidas dos livros de Jeffrey, para vocês, algumas representando cenas dos filmes mais antigos.

Curtam à vontade!

Como não lembrar da histórica cena do duelo entre Darth Vader e Luke, onde o vilão se declara pai do jedi?! Essa aqui, que no livro figura a preocupação do papai com as peripécias do filho.


Princesa Léia acompanhada do D2R2 e do papai nem tão vilão.

Alguém havia imaginado Darth Vader desenhando para o filho? E ainda mostrando o lado bom da força?
Ri alto com esse quadrinho...as viagens não são fáceis nem para ele, hehe.


Lanche com o papai na lanchonete preferida.

Upa. upa cavalinho, ops, Darth Vader!

Papai bruto também sente cúmes...cuidado capitão Solo!


Princesa Léia pagando mico com a carona do papai protetor, hahaha.


Papai Darth também dá bronca e ensina responsabilidades, mas confesso que fiquei pensando qual seria o castigo.


Será que o doce resolveria essa questão? Sei não...



As dificuldades da vida paterna...

Perguntas, perguntas...nem sempre é fácil respondê-las, não é Darth Vader?!


Muito amor nesse quadrinho!!!


Aprendendo com o papai!



O duelo entro o bem e o mau sempre existiu e continuará sendo enredo de muitas histórias, mas até hoje acredito que não houve um vilão tão amado e odiado quanto Darth Vader.
O lado bom x lado mau da força, preto x branco, pai x filho...mesmo assim Darth não foi só a escuridão, ele andou pelo lado acinzentado da força, principalmente quando revela a Luke sua identidade. 

Agora para que esses livro infantis tenham "efeito" vocês precisam conhecer a história de Anakim Skywalker ou Darth Vader . Se você ainda não assistiu, está esperando o que? 
No vídeo uma palhinha da cena épica "EU SOU SEU PAI" de Stars Wars.


Viram? Os papais brutos também sofrem, ensinam, aprendem e amam.

Se gostaram compartilhem com outros papais.

Que a força esteja com vocês!

Bju,


Tati





terça-feira, 17 de maio de 2016

Discovery Kids - Amigos da Cidade no Praia de Belas

Olá, mamães e papais!

Tem novidade no Shopping Praia de Belas.  Discovery Kids "Amigos da cidade" é uma ótima pedida para levar as crianças para se divertirem junto a cenários de personagens conhecidos como George, O curioso, Show da Luna, Insectóides, Doki e Peppa Pig. O evento fica em Porto Alegre até o dia 29/05 e é gratuito.

‘DISCOVERY KIDS – AMIGOS DA CIDADE’ CHEGA AO PRAIA DE BELAS
  
            O novo evento itinerante do canal Discovery Kids, Amigos da Cidade, está no Praia de Belas Shopping, em Porto Alegre. Até 29 de maio, o shopping abriga na Praça da Magia (1º piso) o circuito com cinco áreas inspiradas nos personagens da programação do canal, uma delas dedicada à nova série “Insectóides”. A proposta das atividades é levar as crianças a interagir, de forma lúdica, com o cenário atual da mobilidade urbana (explorar as opções de locomoção – a pé, de bicicleta, de trem ou de carro), proporcionando meios para novas descobertas, individualmente e em grupo, e contribuindo para o desenvolvimento dos pequenos. As brincadeiras são recomendadas para crianças de até 11 anos.
                    
 O circuito Amigos da Cidade começa em um ônibus cenográfico, posicionado no hall de entrada do evento, onde as crianças e os adultos que as acompanham poderão se entreter com o conteúdo do canal, enquanto esperam sua vez de entrar na cidade.

            Na sequência, os pequenos seguem para um jardim, inspirado na série “Insectóides”, onde todos os elementos são muito maiores do que eles. As crianças terão pela frente o desafio de atravessar obstáculos com bichos e plantas gigantes. A proposta da atividade é fazer com que os pequenos, sem perceber, assumam o papel de pedestres e sintam a necessidade de atentar para tudo o que está à sua volta.

            Na próxima atividade, as crianças irão atravessar uma pista de corrida de carros, para, então ajudar o personagem “George, o Curioso” a armazenar seu carregamento de bananas antes do trem seguir viagem. Concluído o trabalho em equipe, todos irão tocar o sinal e liberar a partida do trem.

            O circuito continua na área do programa “O Show da Luna!”, onde as crianças vão descobrir que, além de muito divertido, um passeio de bicicleta poderá ajudar os personagens da série a chegar em casa a tempo de assistir ao show.

            Depois, os visitantes irão andar em carrinhos inspirados na turma do “Doki”. Na pista, eles terão contato com as regras básicas de trânsito (incluindo sinalização e velocidade máxima), além das responsabilidades inerentes a quem dirige e tem seu próprio carro, como abastecer e levar o veículo para revisões periódicas.

            O evento Amigos da Cidade também disponibiliza uma área para crianças de até três anos, com jogos e brincadeiras inspiradas na personagem “Peppa Pig”.
             
Amigos da Cidade é um evento realizado pelo canal Discovery Kids, com execução da agência Nova Performance Eventos. 


EVENTO DISCOVERY KIDS – AMIGOS DA CIDADE

Local: Praia de Belas Shopping – Praça da Magia – 1º piso
Avenida Praia de Belas, 1181 – Praia de Belas – Porto Alegre/RS
Data: Até 29 de maio de 2016
Horários: Domingo a sexta, das 14h às 20h / Sábados, das 10h30min às 20h
Fotos com personagem: Quintas, sextas e sábados.  
Capacidade: 6 crianças a cada 5 minutos
Duração: aproximadamente, 30 minutos
Público: crianças de zero a 11 anos
Evento Gratuito
No local: A retirada de ingressos é feita na bilheteria localizada no 3º piso, em frente aos  cinemas, de domingo a sexta, a partir das 13h; sábados, a partir das 10h.

Por meio do site www.discoverykidsbrasil.com , é possível reservar ingressos para todos os dias do evento. Os ingressos são limitados e válidos somente para o dia em que forem retirados. Não é possível retirar ingressos para dias futuros na bilheteria do evento, apenas no site do canal. A bilheteria fechará após o término dos ingressos do dia.


quarta-feira, 11 de maio de 2016

Festa na caixa!

Oi gente!

Como vocês sabem dia seis foi aniversário do Davi e para comemorar o dia dele resolvi fazer uma festinha pequena na escola, já que a festinha mesmo com a decoração do tema que ele escolheu (Os Vingadores) vai ser realizada no final do mês no prédio onde moramos.

Gosto da ideia de comemorar na escola porque é lá que estão os amiguinhos deles, lá que eles passam a semana aprendendo e brincando, faz parte da rotina deles.

Para a festinha procurei algo prático, bonito e novo. Foi aí que tive a ideia de levar os lanches já prontos em embalagens próprias. Facilita muito, porque tu já monta o kit em casa e depois é só transportar, sem precisar levar tudo separado e ainda servir nos pratinhos.

Uma etiqueta bem bonita com o tema da festa faz toda a diferença. Ah, e sempre procuro escrever algo que combine com o tema também, no caso aqui a "missão dos super heróis". A imagem retirei na internet, depois montei e imprimi numa gráfica. Assim fica bem personalizado e também "mais em conta".

 
Fotos: Arquivo Pessoal

Para o lanche fiz hambúrguer caseiro, pipoca (a pedido do Davi), brigadeiros, suco e torta de bolacha. A torta servi separada para quem quisesse. Junto coloquei um pirulito e um brinde/lembrancinha para cada coleguinha. 

Foto: Arquivo Pessoal

Lanches prontos nas caixinhas, amarrei um balão em cada uma e coloquei nas mesinhas da sala de aula. No centro de cada mesa coloquei um vingador de feltro que já mostrei aqui.


Fotos: Arquivo Pessoal

Para a hora do parabéns fiz uma torta de bolachas de brigadeiro branco com ganache de chocolate e decorei com pequenos bonequinhos dos Vingadores que o Davi já tinha em casa. Fiz bandeirinhas de "Super Davi" e completei com a vela.


Para as lembrancinhas fiz dedoches dos Vingadores. E como mostrei na foto acima, eles já foram colocados junto com o lanchinho das crianças.

Foto: Arquivo Pessoal

Para quem não quer ou não pode gastar muito, uma festinha na escola pode ser uma boa solução. Um pouquinho de inspiração e muito amor faz toda a diferença. As crianças adoram!

Essa foi a festinha que preparei para o Davi com muito carinho e a carinha dele quando entrou na sala e viu tudo arrumado foi lindo de ver. Por mais que ele sabia e estava acompanhando os preparativos, é sempre uma surpresa para eles ver tudo pronto!

Eu amei fazer. Agora é partir para a outra, hehehe. 

E vocês, gostaram?

Beijo,

Tati





sábado, 7 de maio de 2016

O dia das mães e a maternidade como ela é!

Hoje é dia das mães! E dia de blogagem coletiva do MPB, o grupo lindo de mães e pais blogueiros que faço parte. Vamos lá!

Meu nono dia das mães!
Já foram tantas risadas, choros, devaneios e delícias de momentos vividos... vários cartões recebidos e olhos cheios de lágrimas nas apresentações no dia das mães...mas nunca deixa de ser uma surpresa, de ser emocionante. A cada ano é uma novidade, uma reflexão, uma espécie de autodescoberta. Com vocês também é assim? 

Queria escrever algo diferente para vocês, algo que fugisse um pouco do senso comum, sem precisar falar em mães guerreiras ou mães heroínas. Afinal, não usamos uniforme blindado, nem armas, nem somos mais ou podemos mais que outras mães. Somos mulheres, somos "mães reais", somos humanas e cheias de defeitos e qualidades. O "exercício" de ser mãe é muito particular, e ao mesmo tempo, muito parecido. A maternidade pode ser muito contraditória, pois nela as emoções se misturam o tempo todo. Essa mistura me faz pensar um pouco na mãe que sou e na mãe que quero ser para meus filhos e na maternidade em si, o que ela carrega, o que ela insinua, o que ela realmente é. 

A maternidade é ambígua.
A maternidade é prazerosa. A maternidade é árdua.
É encantamento, é preocupação, é sabedoria, é aprendizado.
A maternidade é alegria, dor, diversão e aborrecimento.
Ela é lágrimas e sorrisos!
Ela pode ser leve, bem humorada, cansativa e previsível.
A maternidade é imprevisível!
Ora é uma criança dando seus primeiros passos, ora é um adolescente cheio de dúvidas e também certezas e, ainda, pode ser um adulto convicto de suas reflexões e duvidoso de suas atitudes.
A maternidade é uma montanha russa de sentimentos.
Ela é tudo, mas nunca é nada!

A maternidade nos traz muitas reflexões, nos faz acreditar em algo maior, numa força superior, no amor à primeira vista! Ela vira nossa vida do avesso, nos faz dormir bem menos, comer o almoço já frio, se arrumar em poucos minutos, a tomar decisões pelos outros; mas, principalmente, nos ensina o amor mais puro e verdadeiro. É quando vem a recompensa de sentir todo esse amor voltar para nosso peito e transbordar o coração de felicidade!

Assim é a vida materna e esse anseio gigante de fazer tudo sempre certo, mesmo sabendo que vamos acabar errando em algum momento... mas dizem que "mãe sempre acerta, mesmo quando erra". E é esse o maior desejo de uma mãe, acertar sempre que possível para ver seu filho feliz.
O acerto virá se tu permitir. A maternidade é erro e é acerto.

"Viva a tua maternidade um dia de cada vez, viva a tua realidade seguindo o teu coração e deixe a idealização e a perfeição de lado". Aproveite teu dia, aproveite teus filhos!

Feliz Dia das Mães!  Todos os Dias!

Beijos,

Tati


Para ver o que os demais integrantes do MPB - Grupo de Mães e Pais Blogueiros tem a dizer sobre o Dia das Mães, acessem os links abaixo.