quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Trauma dentário: o que fazer?

Seu filho caiu e sofreu um trauma dentário? Saiba o que fazer:



A infância é o tempo de aprender a engatinhar, andar, pular, correr. E os riscos de uma queda e trauma nos dentinhos é grande.

O trauma pode ocorrer nos dentes, lábios, língua, bochecha, osso e tecidos que sustentam os dentes.

É muito importante informar aos pais que os dentes permanentes estão se formando muito perto da raiz dos dentes de leite. Por isso além da preocupação com o dente traumatizado devemos avaliar radiograficamente em consulta com um profissional possíveis sequelas aos permanentes. Esse acompanhamento deve ser realizado durante 18 meses nos casos de trauma em dente de leite e, por 5 anos quando em dentes permanentes.

MINIMIZANDO OS TRAUMAS:

- evitar o uso de andadores
- observar atentamente os bebes que estão dando seus primeiros passos.
- usar sempre o cinto de segurança quando dentro do carro.
- não andar ou correr com objetos na boca.
- usar protetores bucais durante esportes de alto impacto.


ACONTECEU, E AGORA, O QUE FAZER?

1-      Contatar o dentista. Na maioria dos casos, somente a orientação profissional por telefone já auxilia os pais no primeiro momento.
2-      Esta sangrando muito: pressionar a região com gaze / lenço / toalha para conseguir observar a origem do sangramento.
3-      Há sangramento e os pais observam que o dente está móvel: levar a criança para consulta com dentista o quanto antes. Nesses casos pode ter ocorrido fratura da raiz e o dentista fará radiografia para observar a região traumatizada.
4-      Dente deslocou um pouco da posição: reposicionar o quanto antes minimiza as sequelas nos casos de extrusão ou luxação.
5-      Dentes saiu totalmente: reposicionar o quanto antes e procurar um dentista imediatamente (Pegar o dente pela coroa sem tocar na raiz). Se não conseguir reposicionar no local do dente a melhor conduta é colocar o dente em um recipiente com soro, leite ou saliva da criança e levar juntamente até a consulta com o dentista.

6-      Quebrou um pedacinho do dente: se encontrar o pedacinho, coloque-o no soro, leite ou saliva e procure o dentista. Algumas vezes é possível fazer a colagem.


Sarah Zimmermann Selaimen 
Especialista em ortodontia e ortopedia facial 

Atendimento:
Clinica Odontológica Selaimen
Alameda Sebastião de Brito, 12 Bairro Boa Vista (Praça Japão)
Porto Alegre/ RS  (51) 3328.4699

Saiba mais:
Facebook: Dra. Sarah C. S. Zimmermann Selaimen - Ortodontia



5 comentários:

  1. Pode acontecer né? E a principal dica tá passado! Consulte sempre seu dentista!!!

    ResponderExcluir
  2. Comigo nunca aconteceu, mas já vi muitas crianças com traumas dentário. Tomarei cuidado com os meninos.
    Nossasaogemeos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Tenho muito medo disso!! Adorei o texto, bem esclarecedor!

    ResponderExcluir
  4. Meu Deus que desespero né!Já aconteceu com meu afilhado que caiu do patinete! temos que ficar muito atentos a essas crianças! eh cada susto...

    ResponderExcluir
  5. Super importante esse post. Fico sempre de olho no meu pequeno para evitar esse tipo de acidente... mas é sempre bom saber o que fazer no caso de acontecer. Bjos

    ResponderExcluir

Gostou? Compartilhe, comente!